Artígos

Decifrando Enigmas

enigmas

 

A lei veio através de Moisés para um povo que não sabia mais o que era liberdade, direitos e deveres. Neste tempo em que o povo saiu do Egito, Todos os hebreus, precisavam de ordem. Ou seja, da lei, para reconduzir o povo ao Estado de Direito.

Percebemos que a dificuldade foi tanta, que mesmo com a lei, o povo que esteve escravizado por quatrocentos e trinta anos, (perdendo todo o referencial de liberdade, direito e deveres), se rebelava a todo instante, mesmo vendo sinais, prodígios e maravilhas.

E para termos uma idéia, dos que saíram do Egito, tal era o grau de desobediência, somente dois (Josué e Calebe) entraram na terra prometida.

Vimos que a lei é uma ordem, um mandamento, ou vários que foram escritos por fogo nas pedras pelo Nosso Deus.

O primeiro mandamento foi dado a Adão, estando ele ainda no jardim do Éden quando o Senhor Deus, disse para ele: "Adão, de todos os frutos do jardim, tu poderás comer, menos o da árvore da vida". Sabendo Deus, que ele não conseguiria guardá-lo.

Logo, tomamos conhecimento que o que vale sempre é o mandamento divino.

Quando Adão, já com sua companheira Eva, passou por cima do mandamento, deixou de ser filho de Deus, para se tornar, homem pecador, caído! Logo percebemos que o não cumprimento do mandamento, significa escolha. E cada vez que se escolhe algo ou alguma coisa, se gera uma ação que retornará em igual ou maior intensidade.

Sem entrar no mérito da questão acima, Adão e Eva foram expulsos do jardim.

Tiveram dois filhos, Caim e Abel. o primeiro, era lavrador. O segundo, Abel, era pastor de Ovelhas. Chegando Caim perante o Senhor com sua oferta da terra, não as primícias. O Senhor não o aceitou. Pelo diálogo, de Deus com Caim, percebe-se claramente que o problema não era somente concernente à oferta, mas ao espírito que habitava nele. (inveja).

Podemos exemplificar com simplicidade esta situação: Dois irmãos são chamados por Deus para uma Obra na terra. O mais velho é chamado para fazer uma oração por algum Enfermo. Ele comparece à casa do enfermo e faz a sua oração, porém, Por que não era Chegada a hora ou qualquer outro motivo que não podemos discutir com o Criador, pois Somos suas criaturas, Deus não quis operar. Logo a seguir, seu irmão é chamado para a Mesma finalidade e O Senhor, opera a maravilha e liberta o doente. Se no primeiro, o Mais velho, existir o entendimento de Deus e humildade, ficará em paz e feliz vendo a Obra realizada e ainda orará pelo seu irmão que foi usado por Deus; Caso contrário, a Inveja tomará conta do seu espírito e irá querer questionar Deus como fez Caim. Como os irmãos conhecem bem esta passagem, Deus falou para Caim, "se por acaso fizeres O bem, não o aceitarei?" Porque Caim estava irado por não ter sido aceita a sua oferta. E o pior, irado contra Deus o Criador. E Disse mais o Senhor: "E se não fizeres o bem, O pecado jaz à porta, e para ti será o teu desejo, e sobre ele dominarás". Eis que aparece Pela primeira vez a palavra pecado na bíblia. E Deus mostrando claramente que a inveja que estava instalada no coração de Caim, não iria parar na ira, mas continuaria rumo ao pecado que prevaleceria dentro dele. Caim Dominado pela inveja, consumou O pecado, matando o seu irmão Abel. 

Na verdade, todos se enganam quando dizem que Adão e Eva pecaram e daí em diante, todos se tornaram filhos do pecado. 

Embora saibamos que pecado é uma transgressão de caráter religioso, a deles, nos trouxe à morte. Física e espiritual, ou seja, quebrou a harmonia que existia entre corpo e alma, que começam novamente a se unirem através do crescimento das qualidades de Jesús Cristo, dentro do nosso ser. Leia aos Romanos cap. 7. Podemos ler os três primeiros capítulos de gênesis, que não encontraremos a palavra pecado, pois a sentença a desobediência ao mandamento, foi a morte após os demais quesitos determinados por deus.

Contudo, a desobediência ao mandamento gerou a morte, pois o homem perdeu o direito da árvore da vida eterna, que foi reaberta pelo sacrifício de Jesus Cristo, o filho de Deus, embora não existisse a lei, existia o mandamento.

Adão e Eva não cumpriram o mandamento e nos trouxeram a morte; Caim, pela inveja adquiriu a ira, que nos trouxe o pecado:O Primeiro Homicídio

É importante salientar que a maldição lançada por Deus, não foi para a serpente, réptil, e sim contra o diabo, conforme está escrito no livro do Apocalipse cap.12 v.9., "...e foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo."

Se formos entrar neste assunto mais profundamente, terei que escrever durante muitas e muitas horas, pois terei que entrar no fundamento do porque ela (serpente) passou a comer o pó e rastejar e o porquê da serpente e a mulher se tornarem inimigas.

Indo um pouco adiante neste assunto, quando no deserto Deus enviou as serpentes que picavam os hebreus e eles morriam, pela desobediência do povo, Moisés mandou que levantassem uma haste bem alta de metal com o desenho da serpente para que todos os que fossem picados, olhando para a serpente de metal, ficassem livres do veneno que os levariam à morte. O significado maior neste contexto é que, a serpente levantada era o antídoto usado contra a serpente (diabo) que trouxe a morte aos seres humanos, os enganando já no Éden. Ao mesmo tempo simbolizava Jesus Cristo, que iria ser levantado no madeiro da cruz e que todo aquele que olhasse e olhar para Ele, ficaria e ficará livre do veneno da serpente que leva a morte e que por toda a sua verdade divina nos trás a vida, através do caminho para a árvore da vida eterna aberta na sua carne na Cruz. 

A serpente (diabo) que foi anjo de Luz e não se sujeitou ao seu criador (Deus), sempre foi mentiroso e enganador para cumprir o seu papel, pois Deus sempre deu o livre arbítrio.

Jesus encarnou o Cristo como Filho de Deus, para através da verdade e de seu sofrimento espiar (cobrir) junto ao Pai o descumprimento do mandamento que nos trouxe a morte e nos reconciliar com Deus, ou seja, o diabo foi aniquilado como está escrito no livro Aos Hebreus cap. 2.

Quanto à ciência, nada é novo. basta o leitor ler o cap. 28 de Jó que verá que o homem tem ciência das coisas da terra, mas a sabedoria é Dom de Deus. 

Deus, neste capítulo mostra bem claro, há aproximadamente 3600 anos atrás, que os homens iriam ter conhecimento e explorar tudo e todas as coisas na terra, nas profundezas da mesma, nos mares e nas alturas. e nos versos 10 e 11 Deus fala sobre as hidroelétricas, quando diz: dos rochedos faz sair rios, e o seu olho descobre todas as coisas preciosas. os rios tapam, e nem uma gota sai deles, e tira para a luz o que estava escondido(a energia) Glória a Deus!

Ciência da terra é para os homens. Ciência do Céu é para os homens de Deus. Não tem nada a ver, uma com a outra. são distintas.

Moisés, por duas vezes lançou o seu cajado e o mesmo se transformou em serpente, é importante analisarmos com os olhos do espírito santo, para podermos entender o que Deus quis mostrar:

a) Quando Deus apareceu para Moisés na sarça de fogo e falou com ele o que iria fazer em favor do seu povo, e que Moisés temeu e tremeu, pois tinha saído fugido do Egito por se tornar um homicida em função de querer libertar o povo de Deus pelo seu conhecimento adquirido através da ciência egípcia (a mais evoluída na época). Por isso, ficou quarenta anos apascentando as ovelhas de seu sogro Jetro, na terra de Midiã, para exercitar a paciência com as ovelhas que representavam o Povo de Deus. E sendo de Deus, só ele é quem podia livrá-lo. mesmo que fosse, como foi através de alguém. Moisés queria, e precisava de uma confirmação sobrenatural, divina, para poder se apresentar como enviado de Deus. Para encurtar o que já está comprido, Deus disse para Moisés: "Um cajado. respondeu." E Deus disse:" lança-o na terra". Conforme ele lançou, o cajado se transformou em serpente. o Senhor lhe disse:" pegue pela cauda". Moisés pegou e novamente se tornou um cajado. Depois disse Deus a Moisés: "coloca a sua mão sobre seu peito". Ele colocou. Quando tirou, ela estava branca de lepra. O Senhor disse:" coloque novamente". E ele o fez. Para sua surpresa, quando tornou a tirá-la, estava a sua mão totalmente limpa.

Em outras palavras, estava Deus dizendo para Moisés: 

- Para manejar o cajado da sua palavra lhe era necessário ter Fé. Caso contrário, ele poderia se tornar um diabo com força de destruição como tantos outros.

- Para manejar o cajado da sua palavra, ele precisava de um coração puro e as mãos limpas na sua presença. Glória a Deus!

Amado irmãos, é tão gostoso escrever sobre as coisas de Deus, que nem percebo quanto tempo estou a fazê-lo.

Infelizmente, no nosso meio, quanto maior for o número de pessoas incultas, melhor, pois todos sabem que a ignorância (no sentido de ignorar e não de forma pejorativa) é o anestésico da consciência humana e o povo se torna massa de manobra.

Se em algum assunto os irmãos acharem que o que senti de escrever da parte de Deus não foi à contento, pode criticar e até ensinar-me, pois o único dono da verdade é Deus.

O Velho

Indique esta página