Artígos

Comer em casamentos de outras denominaçôes é idolatria?

idolos

 

O que posso realmente escrever para os irmãos é que, a palavra de Deus no livro de Atos l5, através da assembléia realizada pelas colunas da igreja, deixou clara para nós gentios, salvos em Jesus Cristo, através de Tiago, que julgou se não devia perturbar aqueles entre os gentios, que se convertessem a Deus, Mas escrever-lhes para se abstivessem (evitassem) das contaminaçôes dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue.

Logo, sabemos que o casamento realizado na igreja católica, de forma alguma caracteriza que a comida que irá ser servida na festa, foi sacrificada aos ídolos. Quando as pessoas se casam, a potestade que realiza o casamento não tem nenhum poder de abençoar ou amaldiçoar os alimentos servidos. 

Muitos que se casam dessa maneira, na maioria das vezes, nem crêem no ato religioso, pois se assim cressem, com certeza iriam procurar ao máximo, conservar o casamento. 

Na maioria das vezes, se casam para dar uma satisfação a sociedade e ao mesmo tempo, desfrutar de uma satisfação pessoal. Principalmente a mulher que sempre é mais romântica e se encanta com o vestido, a cerimônia e a ornamentação. Sem falar é claro, da música tocada ou cantada em sua entrada e caminhada até ao altar. 

Os pais dos noivos dão a festa para os convidados. Não tem nada a ver com a cerimônia religiosa. Contudo, existem várias correntes conservadoras que afirmam sem base nas escrituras que depois que o padre abençoa o casamento, por ele representar uma igreja sabidamente idólatra, que a comida também fica fazendo parte de todo o ritual religioso. O que não é verdade. 

Precisamos respeitar as religiôes do próximo para que sejamos respeitados também. Agora, quanto ao comer e beber, é de fórum íntimo. 

Conheço muitos que comem e bebem sem nenhuma condenação e estão felizes até o dia de hoje, como conheço muitos que não comem. Vai da consciência de cada um. O apóstolo Paulo, nosso saudoso irmão na fé, disse que não deixaria que sua liberdade fosse julgada pela consciência dos outros. Colocação perfeita!

No livro aos romanos cap. 14 vs. 22 e 23 ele diz assim: Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvidas se come está condenado, porque não come por fé; e tudo que não é de fé é pecado. 

Amados irmãos, não sou eu quem irá lhes dizer se deve ou não comer ou beber, mas sim, a sua própria consciência em Cristo. E sem dúvidas! Porque a dúvida não vem de Deus. A fé, sim, vem de Deus, e se fazemos por fé, não cometeremos pecado. Certo? Se deixem guiarem por Deus e Ele iluminará suas mentes não só nesse sentido, mas em tudo em suas vidas.

Pode ficar em Paz! O que é seu, já está preparado.

O Velho

Indique esta página