Família

24/02/2017Por que cientistas agora recomendam 10 porçôes diárias de frutas, verduras e legumes para viver mais

Frutas são vistas em supermercado do Reino Unido (Foto: Reuters/Eddie Keogh)

Comer 10 porçôes por dia de frutas, legumes e verduras pode nos fazer viver mais, revela uma nova pesquisa.

Segundo os cientistas da Universidade Imperial College London, no Reino Unido, o consumo diário desses alimentos evitaria até 7,8 milhôes de mortes prematuras.

Eles também identificaram frutas, legumes e verduras específicos que reduzem o risco de câncer e doenças cardíacas.

O levantamento mostrou que até pequenas quantidades já garantem benefício para a saúde, mas quanto mais, melhor.

Uma porção equivale a 80 gramas de frutas, legumes ou verduras ─ uma banana pequena, uma pera ou três colheres de chá de espinafre ou ervilhas.

As conclusôes foram obtidas a partir de dados de 95 estudos diferentes, que analisaram os hábitos alimentares de 2 milhôes de pessoas no Reino Unido.

 

9 em cada 10 brasileiros consomem menos de 400 gramas de frutas, verduras e legumes por dia, quantidade recomendada pela OMS (Foto: CDC/ Amanda Mills)

 

A pesquisa mostrou, por exemplo, que a incidência de câncer é menor em quem come verduras verdes (espinafre); amarelas (pimentôes) e crucíferas (couve-flor e repolho).

Já quem se alimenta de maçãs, peras, frutas cítricas, saladas, folhas verdes (rúcula) ou verduras crucíferas tem menor chance de desenvolver doenças cardíacas ou derrames.

Os resultados, publicados na revista científica Journal of Epidemiology, também apontaram os riscos de uma morte antecipada.

Na comparação com um dieta sem frutas, verduras e legumes, o estudo mostrou que:

Comer 200 gramas de frutas, verduras e legumes reduz o risco de doenças cardiovasculares em 13% e 800 gramas, 28%

Comer 200 gramas de frutas, verduras e legumes reduz o risco de câncer em 4%, e 800 gramas, 13%

Comer 200 gramas de frutas, verduras e legumes reduz o risco de morte prematura em 15%, e 800 gramas, 31%

No entanto, os pesquisadores ressalvam não saber se comer ainda mais porçôes de frutas, verduras e legumes pode trazer mais benefícios para a saúde já que não há dados suficientes para analisar essa hipótese.

Um dos cientistas envolvidos no estudo, Dagfinn Aune, destacou as vantagens da ingestão diária desses alimentos.

"Frutas, verduras e legumes reduzem os níveis de colesterol e pressão arterial, além de incrementar a saúde dos nossos vasos sanguíneos e do nosso sistema imunológico".

 

Incidência de câncer e de outra doenças é menor em pessoas que comem mais frutas, verduras e legumes (Foto: Erika Ricci)

 

"Talvez isso seja devido à complexa rede de nutrientes que esses alimentos têm".

"Por exemplo, eles contêm muitos antioxidantes, que podem reduzir o dano ao DNA e levar à redução do risco de câncer".

No entanto, muitas pessoas não comem nem cinco porçôes de frutas, verduras e legumes (400 gramas), quantidade recomendada pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

No Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), nove em cada dez brasileiros consomem menos do que o indicado.

Aune diz que as descobertas não mudam a recomendação dos especialistas.

"Nossas descobertas mostram claramente que devemos comer cinco porçôes de frutas, verduras e legumes por dia. Na verdade, há inclusive mais benefícios se você consumir mais do que isso".

Alison Tedstone, nutricionista-chefe da Public Health England, departamento de saúde do Reino Unido, afirmou que "a meta de consumo de cinco porçôes por dia é a fundação para uma dieta balanceada e saudável e uma maneira realizável para ajudar a prevenir um número de doenças".

"Enquanto consumir mais de cinco porçôes de frutas, legumes e verduras por dia é desejável...aumentar a pressão para ingerir mais desses alimentos cria uma expectativa irrealista".

Nem todos os 95 estudos que serviram de base para o levantamento foram analisados de modo a serem verificados outros aspectos do cotidiano dos participantes, como os níveis de atividade física, que pode ter um papel no prolongamento da vida.

No entanto, Aune diz que as conclusôes são "muito robustas".

fonte:G1

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Jovens cristãos são menos ansiosos do que aqueles...
img
Pai recupera guarda e pode impedir que filho de 7...
img
“Eu amo os gays o suficiente para avisá-los que...
img
“Foi a mão de Deus”, diz pai de menina que...
img
8 alimentos que mais causam...
img
Meninas ficam com medo de banheiros transgêneros...
img
Série de vídeos para escola ensina crianças que...
img
Milhares de cristãos saem às ruas para protestar...
img
“Se for obrigado a mostrar 2 homens se casando,...
img
Uso de pornografia é uma realidade abafada nas...
img
12 programas de TV infantil americanos têm...
img
Crianças são suspensas de escola por se recusarem...
img
Grupos pró-família criticam cena de mães lésbicas...
img
Número de suicídios entre adolescentes aumentou...
img
Filho de pastor comete suicídio e pai alerta...
img
Monsanto vai a julgamento nos EUA por agrotóxico...
img
Os alimentos alternativos que podem revolucionar...
img
3 consequências do uso precoce e excessivo da...
img
População come e bebe...
img
Cultivada há mais de 10.000 anos, a batata-doce...
img
86% dos adolescentes em estudo têm vestígios de...
img
Como vive a família que há dez anos não gera...
img
DESCUBRA POR QUE SUJAR-SE COM TERRA PODE SER UM...
img
Pesquisa indica que radiação de torres e...
img
Infância digital – O perigo da desconexão com a...
img
o Homem esta lutando contra sua própria...
img
Crianças que vivem em locais com mais árvores são...
img
Remédios caseiros para tratar a infecção...
img
para se livrar da inflamação de garganta sem a...
img
Caminhar cura as nossas dores e nos ajuda a abrir...
Page 1 of 5
Mais Notícias...