Notícias

20/07/2018Como indústria da carne contribui para o aquecimento global

 
Um estudo do Instituto de Agricultura e Política Comercial (IATP) e da organização ambientalista Grain, divulgado nesta quarta-feira (18/07), inclui a indústria de carne e laticínios entre os maiores responsáveis pelo aquecimento global.
 
Juntas, as cinco maiores empresas de carne e laticínios do mundo já são responsáveis por mais emissôes de gases do efeito estufa do que as empresas petrolíferas isoladas, como Exxon-Mobil, Shell ou BP, segundo o estudo.
 
“O relatório mostra o papel fundamental que essas empresas desempenham na mudança climática”, diz Shefali Sharma, diretora do IATP. Se a indústria da carne não alterar seu curso e continuar a crescer como previsto, sua participação nas emissôes globais de gases de efeito estufa aumentará para 27% em 2030 e para quase 80% em 2050, avaliam os autores do estudo.
 
A brasileira JBS, maior empresa de carnes do mundo, lidera a lista dos maiores produtores de CO₂ do estudo, seguida por três corporaçôes americanas: Tyson Foods, Cargill e Dairy Farmers. A maior empresa de laticínios da Alemanha, a DMK, está na posição 21, e a empresa de carnes Tönnies – também alemã – está em 24º lugar.
 
Contra o Acordo de Paris
 
Segundo o estudo, as metas de crescimento da JBS estão em desacordo com o objetivo do Acordo de Paris, de impedir que a temperatura média global suba mais de 2ºC. A gigante brasileira afirmou a seus acionistas que o consumo de carne global aumentará em 30%, de 37 quilos per capita anuais em 1999 para 48 quilos de carne por pessoa em 2030.
 
Estimativas do Greenpeace apontam que o consumo mundial de carne mundial teria que cair para 22 quilos anuais por pessoa até 2030 e até 16 quilos por pessoa até 2050 para impedir que as temperaturas mundiais subam para níveis perigosos.
 
 
A Organização das Naçôes Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) também alerta já há algum tempo para as consequências ambientais negativas do alto consumo de carne e leite.
 
Sem interesse pelo clima
 
A IATP e a Grain acusam as principais companhias do ramo de não se interessarem pela proteção climática. A maioria das 35 maiores empresas de carne e laticínios listadas não revela suas emissôes de gases de efeito estufa ou o faz apenas de forma parcial.
 
O estudo argumenta que a emissão de gases nocivos ao clima que ocorre, por exemplo, dentro da cadeia de fornecimento (correspondente por 80 a 90% das emissôes totais, segundo o estudo) é frequentemente excluída dos cálculos dessas empresas.
 
Apenas quatro companhias divulgam estimativas abrangentes de suas emissôes: Nestlé (Suíça), Danone (França), Friesland/Campina (Holanda) e NH Foods (Japão), afirma o estudo.
 
 
Já a JBS reporta que suas emissôes anuais são equivalentes a 8,9 milhôes de toneladas de CO2, mas, considerando toda a cadeia de produção, a cifra real seria 30 vezes maior: em torno de 280 milhôes de toneladas, afirma o estudo.
 
As emissôes humanas de gases do efeito estufa devem ser drasticamente reduzidas para que seja possível atingir a meta de aquecimento de 1,5ºC, estipulada no Acordo de Paris.
 
“A produção de carne e laticínios deve ser reduzida significativamente nos países em que os 35 maiores gigantes da carne são particularmente ativos”, afirmou Devlin Kuyek, da Grain, se referindo aos países da União Europeia, EUA, Canadá, Brasil, Argentina, Austrália, Nova Zelândia e China.
 
Fonte: Deutsche Welle

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Quem mais gera lixo no mundo, e quem mais sofre...
img
Ambientalistas tentam evitar que Belo Monte cause...
img
Pesquisador quer construir muralha para impedir...
img
Três coisas que podemos fazer para evitar que a...
img
Ondas de calor serão mais intensas e já refletem...
img
Com as ondas de calor que Europa passa, temporais...
img
Brasil, o país mais letal para defensores da...
img
Grécia procura respostas para a...
img
Mundo deve ter onda de calor a cada dois anos;...
img
Como indústria da carne contribui para o...
img
Estamos consumindo peixe como nunca, e a conta...
img
Lixo orgânico também pode e deve ser...
img
Em um mistério ambiental, muitos indícios apontam...
img
Cientistas identificam fonte de misteriosas...
img
Gás de “fracking” e a falsa impressão de vantagem...
img
Brasil pôe metas do clima em risco, diz...
img
Governança ambiental brasileira é retrocesso...
img
Monsanto, a gigante agroquímica de produtos...
img
Aquecimento global pode ser muito pior do que o...
img
América Latina é uma das três regiôes do mundo...
img
Empresa canadense desenvolve método que gera...
img
Secas se espalham pelo País e 59% das cidades não...
img
Lixo químico pôe em risco o abastecimento de 12...
img
Sul-coreanos criam oásis de alimentos orgânicos...
img
Poluição do ar já provocou 3,2 milhôes de novos...
img
ONU alerta para poluição das águas por abuso de...
img
Energia nuclear segura, limpa, barata e quase...
img
Aumento do nível do mar ameaça milhôes de casas e...
img
Queima indiscriminada de lixo se torna problema...
img
Derretimento acelera, e Antártida perde 2,7...
Page 1 of 692
Mais Notícias...