Brasil

26/10/2018Bolsonaro quer aproximação com Israel e romper relaçôes com ditaduras

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) na 26° Marcha para Jesus em São Paulo. (Foto: Alexssandro Loyola)
 
A aproximação com Israel e Estados Unidos está na prioridade das propostas de Jair Bolsonaro (PSL) para a política externa. Em direção oposta, Fernando Haddad (PT) pretende fortalecer alianças com a América Latina e com a África.
 
Em seu plano de governo, Bolsonaro planeja dar “ênfase nas relaçôes e acordos bilaterais” no Ministério das Relaçôes Exteriores. Ele ainda quer deixar de “louvar ditaduras assassinas e desprezar ou mesmo atacar democracias importantes, como EUA, Israel ou Itália”.
 
Em declaraçôes públicas, Bolsonaro manifestou interesse em se aproximar de Israel e EUA e prometeu que suas primeiras viagens internacionais terão como destino os dois países. “A primeira viagem minha, caso eleito, será para Israel. A segunda, para os Estados Unidos”, disse em entrevista ao Jornal Hora Extra.
 
O candidato do PSL também afirmou que vai transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém, seguindo os passos do presidente dos EUA, Donald Trump.
 
Bolsonaro ainda afirmou que não reconhece a Palestina como país, em entrevista ao jornal O Globo. “Essa embaixada palestina sairia dali. A Palestina é país? Nada contra o povo palestino. Quando estive em Israel, conversei com muitos palestinos, porque trabalham, ganham quatro vezes mais do lado de cá. Palestina não é um país”.
 
Venezuela e China
 
Bolsonaro pretende afastar as relaçôes entre Brasil e Venezuela afirmando que o país não pode admitir “essa ideologia”. Sobre os imigrantes venezuelanos no país, o presidenciável propôs a criação de um campo de refugiados.
 
“O Brasil não pode ser um país de fronteiras abertas. A questão de acolhimento de venezuelanos é uma coisa. Acredito que você poderia buscar a ONU para que crie campos de refugiados para atenuar esse problema deles e da população”, disse ao jornal O Globo.
 
Bolsonaro também sugeriu mudança nas relaçôes com China, um dos países que mais perseguem cristãos no mundo sob o regime comunista. O candidato pretende manter as relaçôes comerciais com o país, mas não quer permitir que a China ou qualquer outro país em vez de comprar no Brasil venha comprar o Brasil”, segundo entrevista à rádio Jovem Pan.
 
Ele esclareceu que não irá manter relaçôes com países sob regimes ditatoriais: “Deixaremos de louvar ditaduras assassinas e desprezar ou mesmo atacar democracias importantes como EUA, Israel e Itália. Não mais faremos acordos comerciais espúrios ou entregaremos o patrimônio do Povo brasileiro para ditadores internacionais”, disse em seu plano de governo
 
América Latina
 
Em seu projeto, Bolsonaro planeja aprofundar a integração do Brasil com todos os países latino-americanos “que estejam livres de ditaduras”. “Precisamos redirecionar nosso eixo de parcerias”, destaca.
 
Ele reforçou o bilateralismo em entrevista à TV Globo. “Conversei com Macri [presidente da Argentina] por telefone esses dias aí. Ontem [sexta, 19], rapidamente por telefone conversei com o presidente eleito do Paraguai, recebi a visita de três senadores do Chile, que não está no Mercosul. Mas nós vamos buscar uma forma de fazer comércio com toda a América do Sul, sem viés ideológico”.
 
O presidenciável acredita que “países que buscaram se aproximar mas foram preteridos por razôes ideológicas têm muito a oferecer ao Brasil, em termos de comércio, ciência, tecnologia, inovação, educação e cultura”, conforme seu plano.
 
COM INFORMAÇÕES DO G1

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Bolsonaro cogita um ministro do STF ‘evangélico’...
img
Tá na hora de...
img
Fábio Porchat diz que 'é maluquice acreditar na...
img
STF retoma julgamento sobre criminalização da...
img
Evangélicos montam acampamento em ponte e evitam...
img
Decisão do STF impede psicólogos de atenderem...
img
Confederação Israelita do Brasil irá processar...
img
Israel doa ao Brasil máquinas que produzem água...
img
Líderes evangélicos divergem sobre posse de armas...
img
Governo de Bolsonaro pode restringir venda de...
img
Witzel quer firmar acordo com Israel para treinar...
img
Brasil dá apoio histórico a Israel na ONU, sob...
img
Igrejas são convidadas a influenciar sociedade no...
img
Bolsonaro diz que ministro da Educação atende a...
img
“Quando autoridades honestas governam, o povo se...
img
“A gente fará aliança até com o Diabo” , diz...
img
Paulo Guedes não pretende taxar igrejas...
img
Bolsonaro sinaliza mudanças na Educação com apoio...
img
Exposição de arte no Rio sugere que militantes...
img
“Dialeto secreto de gays e travestis” é abordado...
img
Professora é afastada após ensinar crianças com...
img
Sérgio Moro irá comandar o Ministério da Justiça...
img
“Não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os...
img
Jair Bolsonaro é eleito presidente do Brasil no...
img
Haddad não é claro sobre aborto e ideologia de...
img
Bolsonaro quer aproximação com Israel e romper...
img
Com apoio do Governo Federal, congresso de...
img
Novo Congresso será o mais conservador de todos...
img
Pastor sofre atentado a bala e suspeita de...
img
A ideologia do Partido dos Trabalhadores é...
Page 1 of 8
Mais Notícias...