Brasil

02/11/2018Sérgio Moro irá comandar o Ministério da Justiça no governo Bolsonaro

Responsável pela Lava Jato em Curitiba, Sérgio Moro, irá chefiar o Ministério da Justiça. (Foto: Lucas Correia/Agência RBS)
 
O juiz federal Sérgio Moro aceitou nesta quinta-feira (1º) o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para chefiar o Ministério da Justiça. Sua decisão foi anunciada após uma reunião entre os dois nesta manhã.
 
Moro partiu de Curitiba e chegou na casa de Bolsonaro, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, um pouco antes das 9h. Durante voo, o juiz afirmou à reportagem da TV Globo que seu cargo no ministério dependia de agenda anticorrupção e anticrime organizado para o país.
 
“Se houver a possibilidade de uma implementação dessa agenda, convergência de ideias, como isso ser feito, então há uma possibilidade”, afirmou Moro. Após o encontro, o juiz divulgou nota dizendo que aceitou “honrado” o convite.
 
Moro é o quinto ministro anunciado pelo governo Bolsonaro. O presidente eleito já confirmou outros quatro: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), general Augusto Heleno (Defesa) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).
 
Confira a nota completa divulgada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em Curitiba:
 
“Fui convidado pelo Sr. Presidente eleito para ser nomeado Ministro da Justiça e da Segurança Pública na próxima gestão. Após reunião pessoal na qual foram discutidas políticas para a pasta, aceitei o honrado convite. Fiz com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Na prática, significa consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior. A Operação Lava Jato seguirá em Curitiba com os valorosos juízes locais. De todo modo, para evitar controvérsias desnecessárias, devo desde logo afastar-me de novas audiências. Na próxima semana, concederei entrevista coletiva com maiores detalhes
 
Curitiba, 01 de novembro de 2018.
 
Sergio Fernando Moro”.
 
COM INFORMAÇÕES DO G1

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Enquanto eu for presidente não haverá aborto, diz...
img
Número de recuperados do coronavírus no Brasil é...
img
Bolsonaro anuncia envio de projeto de lei contra...
img
Governo de Goiás libera funcionamento de igrejas...
img
Ministro anuncia medicamento com eficácia de 94%...
img
Senado inclui pastores em expansão do auxílio...
img
Juristas evangélicos sugerem a governantes modelo...
img
‘Pastores, preguem, as pessoas precisam’, pede...
img
Bolsonaro decreta “templos religiosos” como parte...
img
Bombeiro que morreu soterrado ao tentar salvar...
img
Idosa aprende a ler com a Bíblia e faz faculdade...
img
Governo do Rio revoga decreto que poderia...
img
Missionários iniciam igreja debaixo de árvore na...
img
Número de evangélicos deve ultrapassar católicos...
img
Brasil inaugura aliança internacional com EUA...
img
Polícia investiga estudantes por ameaça de...
img
Regina Duarte terá pastora como...
img
Juristas evangélicos poderão ter mais voz na ONU...
img
Mais de mil presos renunciam organizaçôes...
img
Bolsonaro diz que motivo para transferir...
img
Esta casa estava carente da Palavra de Deus, diz...
img
Bolsonaro diz em formatura militar que “hoje...
img
Damares confirma criação de canal para denunciar...
img
Bolsonaro vai a culto em Manaus e diz que...
img
Bolsonaro diz que irá transferir embaixada para...
img
Brasil abrirá escritório de negócios em Jerusalém...
img
Jornalista do Globo usa imagem de anjo fumando...
img
Brasil sediará evento sobre paz no Oriente Médio...
img
Justiça determina que Doria devolva apostilas...
img
“Temos uma bandeira e meia: Brasil e Israel”, diz...
Page 1 of 9
Mais Notícias...