Brasil

02/11/2018Sérgio Moro irá comandar o Ministério da Justiça no governo Bolsonaro

Responsável pela Lava Jato em Curitiba, Sérgio Moro, irá chefiar o Ministério da Justiça. (Foto: Lucas Correia/Agência RBS)
 
O juiz federal Sérgio Moro aceitou nesta quinta-feira (1º) o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para chefiar o Ministério da Justiça. Sua decisão foi anunciada após uma reunião entre os dois nesta manhã.
 
Moro partiu de Curitiba e chegou na casa de Bolsonaro, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, um pouco antes das 9h. Durante voo, o juiz afirmou à reportagem da TV Globo que seu cargo no ministério dependia de agenda anticorrupção e anticrime organizado para o país.
 
“Se houver a possibilidade de uma implementação dessa agenda, convergência de ideias, como isso ser feito, então há uma possibilidade”, afirmou Moro. Após o encontro, o juiz divulgou nota dizendo que aceitou “honrado” o convite.
 
Moro é o quinto ministro anunciado pelo governo Bolsonaro. O presidente eleito já confirmou outros quatro: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), general Augusto Heleno (Defesa) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).
 
Confira a nota completa divulgada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em Curitiba:
 
“Fui convidado pelo Sr. Presidente eleito para ser nomeado Ministro da Justiça e da Segurança Pública na próxima gestão. Após reunião pessoal na qual foram discutidas políticas para a pasta, aceitei o honrado convite. Fiz com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Na prática, significa consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior. A Operação Lava Jato seguirá em Curitiba com os valorosos juízes locais. De todo modo, para evitar controvérsias desnecessárias, devo desde logo afastar-me de novas audiências. Na próxima semana, concederei entrevista coletiva com maiores detalhes
 
Curitiba, 01 de novembro de 2018.
 
Sergio Fernando Moro”.
 
COM INFORMAÇÕES DO G1

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Witzel quer firmar acordo com Israel para treinar...
img
Brasil dá apoio histórico a Israel na ONU, sob...
img
Igrejas são convidadas a influenciar sociedade no...
img
Bolsonaro diz que ministro da Educação atende a...
img
“Quando autoridades honestas governam, o povo se...
img
“A gente fará aliança até com o Diabo” , diz...
img
Paulo Guedes não pretende taxar igrejas...
img
Bolsonaro sinaliza mudanças na Educação com apoio...
img
Exposição de arte no Rio sugere que militantes...
img
“Dialeto secreto de gays e travestis” é abordado...
img
Professora é afastada após ensinar crianças com...
img
Sérgio Moro irá comandar o Ministério da Justiça...
img
“Não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os...
img
Jair Bolsonaro é eleito presidente do Brasil no...
img
Haddad não é claro sobre aborto e ideologia de...
img
Bolsonaro quer aproximação com Israel e romper...
img
Com apoio do Governo Federal, congresso de...
img
Novo Congresso será o mais conservador de todos...
img
Pastor sofre atentado a bala e suspeita de...
img
A ideologia do Partido dos Trabalhadores é...
img
A mídia não aceita o “fenômeno” Bolsonaro porque...
img
Haddad, Ciro e Boulos assinam compromisso com a...
img
STF libera material didático sobre ideologia de...
img
Brasil, o país mais letal para defensores da...
img
Maior problema ambiental brasileiro é a...
img
Brasil pôe metas do clima em risco, diz...
img
Governança ambiental brasileira é retrocesso...
img
Lixo químico pôe em risco o abastecimento de 12...
img
Sul-coreanos criam oásis de alimentos orgânicos...
img
Meio Ambiente debate proibição de zoológicos e...
Page 1 of 7
Mais Notícias...