Mundo

14/11/2018Israel tem o pior conflito em Gaza desde a guerra de 2014

Bola de fogo sobre o prédio que abriga a TV Al-Aqsa, controlada pelo Hamas, na Faixa de Gaza. (Foto: Mahmud Hams/AFP)
 
Israel foi alvejado pelo maior número de mísseis em um período de 24 horas, mais que o dobro do número disparado em qualquer dia na guerra de Gaza, que durou sete semanas em 2014. Desde segunda-feira (12), mais de 400 mísseis e morteiros foram lançados pela organização terrorista Hamas contra a fronteira israelense.
 
Nesta terça-feira, grupos militantes palestinos em Gaza disseram que irão suspender os ataques se Israel fizer o mesmo. Segundo a Reuters, uma autoridade israelense, falando sob condição de anonimato, afirmou que as respostas de Israel seriam determinadas pelas açôes da Palestina.
 
Em menos de 24 horas, o Hamas e outras facçôes armadas dispararam mais de 400 foguetes e morteiros pela fronteira após realizar um ataque com mísseis contra um ônibus que feriu um soldado israelense.
 
Em resposta, os ataques aéreos israelenses mataram sete palestinos, sendo que pelo menos cinco estavam armados. Mísseis lançados pelo Hamas em Gaza mataram um palestino que vivia em um apartamento em Israel, onde também trabalhava.
 
As explosôes foram as mais ferozes desde a guerra de Gaza em 2014; e foi a terceira entre Israel e Hamas como parte do conflito entre Israel e Palestina.
 
O Hamas disse que a sequência de ataques foi uma retaliação por uma ação militar israelense em Gaza que matou um dos comandantes do grupo e outros seis homens armados no domingo. Um coronel israelense também foi morto no incidente.
 
Sirenes soaram nas cidades do sul de Israel nesta terça-feira e os moradores correram em busca de abrigo após foguetes palestinos serem lançados contra várias casas durante a noite. Militares israelenses disseram que o sistema de defesa antiaérea, o Domo de Ferro, interceptou mais de 100 projéteis.
 
Israel respondeu com dezenas de ataques aéreos durante a noite, atingindo prédios como o complexo de inteligência do Hamas e os estúdios da TV Al-Aqsa, pertencente ao grupo terrorista, cujos funcionários receberam alertas antecipados dos militares para evacuar.
 
O Hamas, que é considerado um grupo terrorista no Ocidente, assumiu o controle em Gaza em 2007, dois anos depois que Israel retirou colonos e soldados do território.
 
COM INFORMAÇÕES DA REUTERS

Indique esta página
Poderá também gostar de:
img
Jovens judeus enfrentam mais antissemitismo que...
img
Cidade bíblica onde Davi se escondeu de Saul é...
img
EUA apresentam “acordo do século” para paz entre...
img
Israel inaugura estrada do tempo de Herodes em...
img
Igreja celebra mês do orgulho gay e convida drag...
img
Especialistas dizem que conflito entre EUA e Irã...
img
Coreia do Norte obriga crianças a verem execução...
img
Revista ensina adolescentes a fazerem aborto...
img
O marxismo tenta destruir a família através da...
img
Pais processam escola após filha de 6 anos se...
img
Cristãos fogem após terroristas islâmicos...
img
Polícia da Austrália fecha mais de 200 creches ao...
img
Pregador de rua é preso após ministrar em “vila...
img
Trump cita oração histórica na Inglaterra: “Tua...
img
Judeus ortodoxos agridem judeus messiânicos por...
img
Jesus me livrou da cocaína e do pecado, diz Alice...
img
Irã fecha igreja centenária e remove cruz,...
img
Estado americano da Luisiana proíbe aborto a...
img
Menina cristã é estuprada e forçada a casamento...
img
‘Mão de Deus’ protege Israel quando o sistema...
img
Mike Pence diz a estudantes cristãos para...
img
Adolescentes clamam a Deus e são resgatados por...
img
Mais de 40 milhôes de pessoas buscam sabedoria na...
img
Trump pede que o “poder da oração” seja usado...
img
Mais de 600 foguetes são disparados contra Israel...
img
Estudiosos alertam que pornografia tem forte...
img
Juiz proíbe pai de tratar filha trans como menina...
img
Novo ciclone está prestes a atingir Moçambique e...
img
36 mil meninas se casaram com consentimento dos...
img
Autoridades destroem igreja, espancam fiéis e...
Page 1 of 12
Mais Notícias...