Domingo, 05 Julho 2020

Mundo

12/05/2020“Nunca devemos esquecer que tudo é possível para Deus”, diz Trump em Dia Nacional da Oração

Donald Trump declarou a última quinta-feira (7), o Dia Nacional da Oração. (Foto: Getty Images/Win McNamee/Staff)
 
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump pediu aos americanos em uma proclamação do Dia Nacional de Oração na última quinta-feira (7) que "se unam" para que a nação desenvolva "uma fé ainda maior" na "providência divina" de Deus durante a pandemia do coronavírus.
 
Trump, em sua proclamação anual do Dia Nacional de Oração, citou os presidentes Washington, Lincoln e Reagan e observou que "desde nossos primeiros dias, nossa dependência de Deus nos levou a buscar Seu conselho divino e Sua sabedoria infalível".
 
"Hoje, como sempre, nossa tradição de oração continua enquanto nossa nação combate o coronavírus", diz a proclamação. “Nas últimas semanas e meses, nossas cabeças se curvaram em lugares fora dos nossos típicos locais de culto, sussurrando a Deus em silenciosa solidão para renovar nosso espírito e nos guiar em meio ŕs dificuldades imprevistas e aparentemente insuportáveis”.
 
"Embora tenhamos sido incapazes de nos reunirmos em comunhão com as famílias de nossas igrejas, ainda estamos conectados através da oração e da tranquilização de que Deus nos guiará pelos muitos vales da vida", acrescentou.
 
No meio desses "tempos difíceis e sem precedentes", os americanos "são lembrados de que, assim como aqueles que estavam diante de nós se voltaram para Deus nas horas mais sombrias, devemos procurar Sua sabedoria, força e mão curadora", diz a proclamação.
 
"Oramos para que Ele conforte aqueles que perderam entes queridos, cure aqueles que estão doentes, fortaleça os que estão na linha de frente e tranquilize todos os americanos que, confiando Nele, podemos superar todos os obstáculos", diz o texto.
 
“Nunca devemos esquecer que a oração guia e fortalece nossa nação e que tudo é possível para Deus. Em tempos de prosperidade, conflito, paz e guerra, os americanos se apoiam em Seu infinito amor, graça e entendimento. Hoje, neste Dia Nacional de Oração, vamos nos reunir e orar ao Todo-Poderoso para que, superando essa pandemia de coronavírus, desenvolvamos uma fé ainda maior em Sua providência divina”, acrescentou o texto.
 
A proclamação diz ainda que “a oração guia e fortalece a nação”.
 
"Expressamos, com humildade e gratidão, nossa 'firme confiança na proteção da Providência divina'", diz a proclamação. “Como uma nação sob Deus, compartilhamos um legado de fé que sustenta e inspira a nós e uma herança de liberdade religiosa. Hoje, nos unimos e elevamos nossos coraçôes, lembrando as palavras de 1 João 5:14 que nos dizem quando 'pedimos algo de acordo com a vontade Dele, Ele nos ouve'. ”
 
Pior ataque
 
Em declaração recente, Donald Trump classificou a crise pandêmica do coronavírus nos Estados Unidos como “o pior ataque que o país já recebeu”.
 
“Este é, realmente, o pior ataque que já tivemos. É pior do que Pearl Harbor. É pior do que o World Trade Center. Nunca houve um ataque como este. E ele nunca deveria ter ocorrido”, afirmou Trump durante a assinatura da Proclamação em Honra do Dia Nacional dos Enfermeiros, no Salão Oval da Casa Branca.
 
“(O ataque) Poderia ter sido contido na fonte. Poderia ter sido parado na China. Deveria ter sido parado na fonte, e não foi”, acrescentou.
 
Atualmente, nos Estados Unidos há o registro de 1.256.972 casos de infecção acumulados no total, dentre os quais 195.036 pessoas estão recuperadas, 75.670 vieram a óbito
 
COM INFORMAÇÕES DA CASA BRANCA

Indique esta página

FACEBOOK



Jeremias 29:12-13
"Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração."

Newsletter

Assine a nossa newsletter. Não perca nenhuma notícia ou história.

Nós não fazemos spam!

Search